Você já passou dos 30 e está pensando em fazer uma faculdade? Já tem um diploma, mas quer mudar de carreira? Não sabe ao certo se vale a pena voltar aos estudos depois dos 30? A resposta para essas perguntas é simples: vale a pena!

Mas se você ainda não está convencido, confira alguns bons motivos para investir na faculdade mesmo depois dos 30!

Quando é o momento certo para investir na faculdade?

Não existe uma resposta certa para essa pergunta, isso porque cada um tem um momento na vida pessoal e profissional que vai exigir um aperfeiçoamento dos conhecimentos. É comprovado que a graduação acrescenta mais que teorias e práticas de uma área específica, oferecendo também novas oportunidades de carreira, aumentos salariais e ascensão profissional.

Quem faz faculdade depois dos 30?

Seja o profissional que já está no mercado de trabalho e busca a primeira graduação, seja para quem já é graduado e quer mudar de carreira ou complementar a sua atual. Como vimos, fazer faculdade não está diretamente ligado à idade das pessoas. Por isso, quem estuda depois dos 30 é quem busca o sucesso na vida pessoal e profissional.

Por que fazer um curso superior depois dos 30?

Algumas outras opções de cursos são possíveis quando você já possui um diploma, como a pós-graduação ou uma especialização. Mas, se você chegou ou passou dos 30 e não tem curso superior também pode graduar e dar continuidade aos estudos, ou optar por cursos mais rápidos, como as graduações tecnológicas que podem ser finalizadas entre 2 e 3 anos e são oferecidas nas melhores faculdades brasileiras.

Quais as vantagens de estudar depois de anos parado?

Muitas pessoas sonham em entrar na faculdade logo depois de sair do ensino médio, ainda com a cabeça fresca em relação a teorias e conceitos da escola básica. Contudo, nem todo mundo consegue ou tem a oportunidade de fazer uma graduação nessas horas, e muitas pessoas acabam precisando entrar logo no mercado de trabalho.

O que acontece é que, no meio profissional, uma hora ou outra será exigido mais e mais dos colaboradores e, para dar um boom na carreira, você precisa ficar atento quanto a esses requisitos para não acabar ficando para trás.

Algumas outras vantagens merecem destaque. São elas:

Maturidade e foco

Geralmente, nessa idade, as pessoas sabem melhor o que elas querem e aproveitam por completo, evitando faltas nas aulas, por exemplo. Além disso, o networking fica mais fácil quando você já tem uma experiência no mercado e sabe como, quando e porque conversar com alguém, sejam colegas, sejam professores.

Saúde mental

Sabe aquele ditado de que conhecimento nunca é demais? Então, na faculdade você vai encontrar o lugar ideal para aumentar a sua gama de conhecimento, entendimento e apreensão das coisas do mundo e da profissão escolhida. Também é onde você vai encontrar pessoas mais jovens, cheias de energia, que vão ajudar a manter sua mente jovem e revigorada.

Up na carreira

É da sua carreira que vem seu sustento, certo? E porque não dar um up nesse meio de ganhar dinheiro? Trabalhar e estudar nem sempre é uma tarefa fácil, porém, esse tipo de esforço tende a trazer bons frutos, como aumentos salariais, promoções na empresa, motivação para abrir seu próprio negócio ou começar algo novo sem medo de arriscar.

Como investir na faculdade depois dos 30?

Quanto mais qualificado você for, maiores as suas chances de crescer, independentemente da sua profissão. A escolha do curso é uma etapa importante quando você já passou daquela fase de realizar testes sobre uma área para seguir.  

Geralmente, quando se procura uma faculdade depois dos 30, fica mais claro o que se quer fazer. E entre as possibilidades de ingresso, você pode:

  • Optar por fazer Enem: tentar uma vaga em universidades públicas ou usar a nota para garantir uma vaga em instituições particulares;
  • FIES/Prouni: aproveitar a nota do Enem para concorrer a bolsas de estudo em faculdades privadas, por meio do financiamento, ou por bolsas de até 100% do valor das mensalidades;
  • Vestibular: para quem não quer enfrentar a prova do Enem, o ideal são os vestibulares que ocorrem duas vezes ao ano, podendo até mesmo ser agendado de acordo com as suas possibilidades.

Muitas pessoas têm medo de voltar a estudar depois de uma certa idade, porém, isso não é um bicho de sete cabeças, principalmente, porque essa é uma fase da vida em que você está mais maduro e sua decisão por um curso superior vai além da busca por um diploma pois, junto a ele, agrega-se conhecimento, aperfeiçoamento, qualificação e satisfação pessoal.

Quer tirar outras dúvidas sobre o ambiente universitário? Acompanhe nosso Facebook e fique por dentro das #dicasFAT!

shares